Tattoo na perna dói? Confira todas as informações aqui!

tattoo na perna

Curitiba, 24 de agosto de 2022, escrito por Gilson Rodrigues. Está pensando em fazer uma tattoo na perna? Muita gente tem vontade de fazer algum desenho nesta área do corpo, haja vista que cria um aspecto muito bonito. No entanto, muita gente ainda tem algumas dúvidas sobre esse assunto.

Será que tattoo na perna dói? De todas, com certeza esse é o questionamento mais clássico que existe. Mas, além disso, deve-se saber também quais são os cuidados necessários a se tomar.

A tattoo na perna é uma grande preferência tanto para os homens quanto para as mulheres. E há vários motivos para optar por tatuar essa tatuagem, bem como:

  • Maior exposição e, por isso, outros podem ver a sua tattoo;
  • Local de maior extensão, o que possibilita tatuagens grandes.

Mas, antes de fazer uma tattoo na perna, é preciso considerar alguns pontos e, nesse artigo, iremos falar tudo sobre o assunto. Então, sem mais delongas, vamos ao que realmente importa.

Tattoo na perna dói?

A primeira coisa que você deve estar se perguntando é se tattoo na perna dói. Quanto a isso, a resposta é: depende.

Como dito acima, a perna é um local do nosso corpo bem extenso. Então, a depender do local que você for tatuar, pode doer mais ou menos.

No entanto, saiba que quase toda a extensão da perna é um local do corpo que se considera de baixa dor.

Inclusive, um dos grandes pontos positivos acerca disso é que os locais com mais áreas para se tatuar não costumam doer tanto, como é o caso das coxas.

Na coxa, o local mais sensível é o seu interior. É nessa região, em especial próximo a virilha, que é o local mais dolorido para se tatuar.

Agora, já em relação ao lado exterior da coxa, bem como na frente e atrás, são de pouca dor, se formos comparar o antebraço ou ombros. Já em relação à panturrilha, também é outro local que causa pouca dor.

No entanto, os locais mais doloridos para tattoo na pele são o joelho e a canela. Os dois são mais doloridos porque a pele fica mais próxima aos ossos. Nesse caso, o nível de dor é de moderado a forte.

Em relação aos pés, esses sim são os locais de maior dor, e se considera de muita dor a dor extrema. E isso acontece devido ao fato de ser um local muito próximo dos ossos.

Dedos e tornozelos, como possuem muitas terminações nervosas, acabam ampliando a sensação de dor.

Cuidados com uma tatuagem na perna

A tattoo na perna precisa sim de alguns cuidados um pouco mais especiais em relação àquelas que são feitas na parte superior do corpo.

No entanto, o primeiro cuidado que você deve ter diz respeito a encontrar um estúdio de tatuagem profissional. Há algumas regras em estúdios de tatuagem que devem ser seguidas, a fim de garantir a sua segurança e bem estar.

Fora isso, dentre os demais cuidados que você deve ter com a tattoo na perna, podemos citar os seguintes:

  • Limpar a tatuagem da forma correta, em especial se tiver sido feito do joelho para baixo. E isso acontece porque há mais propensão a pegar sujeira e poeira ao caminhar, o que dificulta a cicatrização e até causar infecção ou inflamação.
  • Utilizar o plástico nas primeiras 48 horas;
  • Manter a tattoo na perna lubrificada durante o período de cicatrização;
  • Ter cuidado para não machucar a tattoo na perna durante a cicatrização enquanto coloca as roupas;
  • Evite roupas muito apertadas;
  • Tatuagens de grande extensão, feitas em apenas uma sessão, podem causar febre durante as primeiras 48 horas.

Além disso, em relação aos cuidados que você deve tomar em relação ao espaço em que vai tatuar e com o próprio profissional, citamos:

  • Observar se a sala do tatuador e ver se os instrumentos são limpos e esterilizados;
  • Verificar se o local tem alvará de saúde para funcionar;
  • Ver a qualidade do serviço do tatuador, bem como as pessoas que já fizeram tatuagem com ele;

Dicas para eliminar a dor da tattoo na perna

A verdade é que o nível de dor varia de acordo com cada pessoa, haja vista que há os que possuem uma tolerância maior e outros menor.

Qualquer agulha, espetando várias vezes a pele, vai causar alguma dor, ainda que de forma superficial. No entanto, há algumas dicas para diminuir essa dor na tattoo na perna.

Uma delas é optar por tatuar a parte da frente da coxa, já que é o local mais tranquilo em relação à tattoo na perna.

No caso da parte interna da coxa, onde ela é mais fina, costuma ser mais sensível e, portanto, a dor também é maior.

Outra dica de ouro se destina para as mulheres. Dois a três dias antes e depois do período menstrual, as mulheres tendem a ter maior sensibilidade à dor.

Sendo assim, consulte a sua tabela menstrual e marque a sua tattoo na perna fora desse período, a fim de diminuir as dores.

Quais são os níveis de dor da tattoo na perna?

Como dito, cada pessoa tem uma certa suscetibilidade à dor. No entanto, há áreas que doem mais, devido a ficar mais próximo do osso.

Assim como acontece com a aplicação de piercing, onde cada local pode doer mais que outros, o mesmo acontece com a tatuagem. Por isso, nos tópicos seguintes, iremos falar um pouco mais sobre o mapeamento de dor.

Nível de dor I

Se você vai fazer a sua primeira tatuagem, é possível que esteja com medo da dor. Se for o caso, opte por regiões que são menos sensíveis.

Nesse caso, você pode sim considerar uma tattoo na perna, desde que seja na panturrilha e nas coxas, mas apenas na parte lateral e traseira.

Além disso, a lateral do bíceps, glúteos, antebraço e a parte da frente dos ombros costumam doer muito menos.

E tudo isso só acontece devido a alta quantidade de gordura e músculo nesses locais. Então, torna-se muito mais confortável para tatuar.

Nível de dor II

Os locais de nível de dor II são onde a pele é mais fina e sensível. Nesse caso, é preciso ter mais concentração e força de vontade para poder encarar.

Locais que possuem nível de dor II, são: cabeça, rosto, clavícula, cotovelos, mãos, pescoço, peito e a parte interna das coxas.

No entanto, as regiões que recebem maior destaque são os joelhos e cotovelos. E isso acontece porque os nervos ficam mais próximos da superfície da pele.

Nível de dor III

Locais em que a pele é esticada e mais fina costuma levar ao nível de dor extremo. Além disso, a cicatrização também é mais difícil.

Os locais que do corpo que possuem nível de dor III, são as seguintes áreas: costelas, quadril, pés, joelhos, parte interna dos cotovelos, axilas, mamilos, lábios, virilha e genitais.

Se for tatuar uma dessas regiões, é bem provável que tenha que passar por mais de uma sessão, a fim de atingir o resultado esperado.

Saiba Mais:

Gilson Rodrigues de Siqueira

Formado em enfermagem, pós graduado, diretor e proprietário da Brasil Emergências Médicas, Visão Tattoo e escritor nas horas vagas.