fbpx

Quanto custa para colocar um piercing microdermal?

Curitiba, 14 de agosto de 2023, escrito por Gilson Rodrigues. Está com dúvida sobre quanto custa para colocar um piercing microdermal? Então é só continuar a sua leitura nos parágrafos seguintes que iremos falar tudo o que precisa saber sobre esse assunto.

Embora cada forma de expressão corporal seja única, nenhuma é tão distintamente atraente quanto o piercing microdermal.

Afinal de contas, esse tipo de perfuração confere um visual único, sendo ideal para pessoas que possuem uma personalidade autêntica, única e irreverente.

Esse tipo de joia corporal está atraindo cada vez mais pessoas por causa de sua versatilidade e elegância. Diante disso, é comum se perguntar sobre quanto custa para colocar um piercing microdermal

Por isso, no artigo de hoje, iremos mergulhar profundamente neste tópico, elucidando tudo o que envolve os custos de se adquirir um piercing microdermal.

Quais são os fatores que influenciam o custo de um piercing microdermal?

Para entender melhor sobre quanto custa para colocar um piercing microdermal, é essencial levar em consideração alguns fatores que podem alterar o valor.

Afinal de contas, quando se trata de colocar um piercing microdermal, não é apenas a joia em si que contribui para o custo.

Existem outros fatores que são igualmente importantes para determinar o valor total. Dentre alguns deles, podemos mencionar os seguintes:

O profissional escolhido

Escolher um profissional para colocar o seu piercing microdermal é uma decisão que, além de crucial, é extraordinariamente delicada.

Afinal, tal escolha carrega o peso das consequências, quer sejam elas em termos de custo, segurança ou satisfação.

Por isso, o valor para aplicação de um piercing microdermal pode variar de acordo com o profissional que você irá escolher.

Com os piercings microdermais, há uma natureza técnica implícita no processo. Não é como colocar um brinco na orelha. É um pouco mais complicado do que isso.

Nesse caso, deve-se inserir a joia sob a pele, requerendo a delicadeza de um ourives e a precisão de um cirurgião. Daí, a maior experiência do profissional, maior o custo do serviço.

Vale lembrar, contudo, que o barato pode sair caro – e neste caso, sua segurança é o bem mais precioso.

O material do piercing

O material do piercing é uma outra variável na equação do custo. Ouro cintilante, prata cegante, aço cirúrgico implacável, titânio inabalável, joias incrustadas com gemas cintilantes… cada uma com seu preço, seu valor, sua beleza.

Mas cuidado com possíveis alergias! Afinal, que adianta um piercing de ouro se sua pele se rebela contra ele?

Porém, independente disso, para saber quanto custa para colocar um piercing microdermal é preciso levar isso em consideração.

A localização do piercing

A depender da parte do corpo onde você deseja colocar o piercing microdermal, o custo pode variar.

Afinal de contas, cada local conta com sua própria complexidade, seu desafio. Mais complexo o local, mais tempo e habilidade o profissional necessitará, mais alto será o preço.

Cuidados pós-procedimento

E os cuidados pós-procedimento? Pode apostar que eles entram na conta. Limpar, tratar, revisitar o profissional – cada ação uma pequena adição ao custo total.

Porém, ainda que possam aumentar o valor, tenha em mente que são passos essenciais para uma cura adequada, para evitar complicações. Nunca subestime o pós-procedimento!

Em suma, podemos afirmar que o custo de um piercing microdermal é um quebra-cabeça, uma soma de partes. A joia é só o começo, só o topo do iceberg.

Qual é o valor médio para colocar um piercing microdermal?

Antes de avançarmos, é preciso lembrar que cada caso é único e que os preços podem variar de forma considerável a depender de vários fatores.

No entanto, é possível estabelecer um valor médio para se ter uma ideia de quanto você pode esperar gastar.

Considerando o profissionalismo necessário, a qualidade da joia e os cuidados pós-procedimento, o preço médio para colocar um piercing microdermal costuma variar entre R$50 a R$150.

Se optar por joias mais sofisticadas, como as de ouro ou com pedras preciosas, esse valor pode ser ainda maior.

Mas, esse valor é uma média e, como tal, é apenas uma referência. Há casos em que o custo pode ser menor ou maior, dependendo dos fatores que mencionamos anteriormente.

A nossa dica é que você faça uma pesquisa abrangente, considerando tanto o custo quanto a segurança do procedimento.

Uma outra dica é procurar por algum estúdio de tatuagem próximo da sua casa e fazer um orçamento, mas sempre levando em conta os demais fatores também, como segurança e higiene do local.

Quais são os melhores materiais para piercing microdermal?

Escolher o material do seu piercing microdermal é uma decisão importante. Afinal de contas, além de influenciar no preço final do procedimento, é crucial para garantir que a sua pele reaja bem ao novo adorno.

Então, se você quer saber quais são os melhores materiais para um piercing microdermal, basta conferir a seguir.

Aço Cirúrgico

Não é segredo que o aço cirúrgico se destaca como um material de alta qualidade em inúmeros cenários, principalmente quando se trata de piercings como o microdermal.

Famoso pela sua robustez e durabilidade, é ainda um tipo de material menos suscetível a causar irritações ou reações alérgicas na pele.

Além disso, o aço cirúrgico é bastante econômico se comparado a outros materiais, constituindo uma opção de ótimo custo-benefício.

Titânio

Quando o assunto é piercings microdermais, o titânio surge como uma opção de primeira linha. Esse metal surpreende pela sua leveza, resistência à corrosão e longevidade impressionante.

É também um material hipoalergênico, ou seja, é bastante improvável que cause reações alérgicas.

Apesar de o titânio ser, em geral, mais caro que o aço cirúrgico, muitas pessoas consideram que o investimento é justificado pelo conforto e durabilidade que oferece.

Ouro

O ouro sempre foi uma escolha clássica para joias de todos os tipos, e os piercings microdermais não são exceção.

Contudo, é fundamental optar por ouro de alta qualidade (14k ou 18k) para prevenir possíveis reações alérgicas ou infecções.

Embora o ouro represente um investimento maior, muitos preferem pela sua beleza atemporal e requinte.

Bioflex

O Bioflex é um material biocompatível em forma de plástico que vem ganhando popularidade no mundo dos piercings.

Destaca-se pela sua flexibilidade, durabilidade e propriedades hipoalergênicas. Além disso, é uma das alternativas mais econômicas disponíveis no mercado.

Contudo, há quem acredite que não apresenta o mesmo glamour “premium” que os metais como o ouro ou o titânio.

Na hora de escolher o material para o seu piercing microdermal, a decisão deve ser guiada não somente pelo preço, mas também pela maneira como o seu organismo reage a diferentes materiais.

Além disso, o conselho de um profissional experiente pode ser inestimável nessa jornada. 

Saiba Mais:

     Gostou desse artigo? 

Gilson Rodrigues de Siqueira

Gilson Rodrigues de Siqueira

Formado em enfermagem, pós graduado, diretor e proprietário da Brasil Emergências Médicas, Visão Tattoo e escritor nas horas vagas.

Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos!

Visão Tatto site seguro

CNPJ 48.934.883/0001-33
©2023. Visão Tattoo. Todos os direitos reservados.
Este site é uma publicação da Visão Tattoo, que é responsável por todo o conteúdo, conforme descrito e qualificado em detalhes nos Termos de Uso.
O uso deste site constitui a aceitação de nosso Termos de Uso,  Políticas de Privacidade e Declaração de Cookies.
Termo de Uso | Política de Privacidade e Declaração de Cookies

Sua Atitude
na pele

Fale Conosco no WhatsApp!
Atendimento Personalizado, Produtos & Serviços Exclusivos.

tatuagem oriental Curitiba